Tão cristãos, mas tão diferentes de Cristo...

.

É de Gandhi a famosa frase: “Eu gosto do seu Cristo… mas não de seus cristãos. Seus cristãos são tão diferentes de seu cristo”. Para completar seu pensamento, aquele que foi indicado cinco vezes ao Prêmio Nobel da Paz acrescentou: “Estou seguro de que se ele vivesse agora entre os homens, abençoaria a vida de muitos que talvez jamais tenham ouvido sequer seu nome”.

Gandhi estava absolutamente certo em relação à sua percepção do cristianismo. Boa parte dos cristãos não se parece nada com Cristo. O que é lamentável, porque o desejo de Jesus é que seguíssemos suas pisadas. Ele mesmo disse que deveríamos fazer nós também o que ele havia feito: servir, amar, promover a justiça e a paz. Quando, na forma de servo, lavou os pés dos discípulos, ele disse que tinha feito para eles assim também fizessem a outros.

Jesus deu grande ênfase na proposta de que fossemos um com ele, assim como ele era um com o Pai. Tivéssemos unidade, identidade, semelhança. Esse é o propósito final na obra de Cristo, o sonho de Deus para nós, que sejamos semelhantes a ele. Filhos e filhas de Deus, irmãos e irmãs de Jesus, nosso irmão mais velho.

Ser semelhante a Jesus é amar a Deus com todas as suas forças, com todo o entendimento e de todo o coração. E ao próximo como a si mesmo. E o próximo é mulher, homem, preto, branco, rico, pobre, índio, não índio, heterossexual, homossexual, religioso, ateu. Todos devem ser amados, sem discriminação.

Se todos amassem ao próximo como a si mesmos, o paraíso seria estabelecido na terra. Seria feita a vontade de Deus assim na terra como no céu. O Reino de Deus já estaria estabelecido. Porque esse é o amor absoluto, como diz François Varillon, com que Deus nos amou e nos ama, a ponto de morrer por nós. Eu não teria coragem de morrer por outros, talvez por algumas pessoas mais próximas, mas não por um desconhecido. Mas Deus, em Jesus, assim nos amou.

Como o bom samaritano, preciso aprender a amar e ajudar o pobre à beira do caminho, o vizinho necessitado, o familiar desassistido, o irmão que sofre. Esse amor tem se revestir de concretude para que eu vista o nu, dê comida ao faminto, água ao sedento, visite o preso e o doente, acolha o estrangeiro.

Ser semelhante a Cristo é abraçá-lo, olhar para ele e dizer: “quero ser como você quando crescer. Sei que não sou o que deveria ser, mas quero ser como você”.

Diante de tudo isso, só me resta concordar com Gandhi. Os cristãos somos muito diferentes do nosso Cristo. Eu, de minha parte, estou tentando e desejando muito ser parecido com ele. Estou tentando.

Autor: Márcio Rosa da Silva
Fonte: [ Blog do autor ]
Via: [ Emeurgência ]

.
Imprimir ou salvar em PDF

3 comentários

Meu irmão, durante algum tempo tenho compartilhado este espaço com você. Lendo seus textos, comentando alguns, participando assim desse poderoso instrumento que a internet tem se tornado em suas mãos e de tantos outros “blogueiros” evangélicos. Percebi que existem certas regras, tipo, eu divulgo quem me divulga, lemos e comentamos textos de quem nos prestigia, e toda essa coisa natural em qualquer forma de mídia; tipo: “ `E dando que se recebe”! “ Todos defendemos boas causas”, nossos anseios, ministérios, no que cremos e como cremos marcam sempre os nossos posts. Provavelmente muitos sequer terão paciência de ler essas linhas. Não faço algo mais importante que você. Não faço nada exclusivo ou de forma mais brilhante. Não quero ter 10.000 seguidores em meu blog. Não ganho dinheiro com a internet. Mas quero te pedir algo do fundo do meu coração a você. Iniciamos as obras do “PROJETO RESGATE VIDA”, uma instituição sem fins lucrativos que vai beneficiar centenas de crianças carentes. Não sou profissional de marketing, isso pode ser facilmente observado nos blogs que escrevo. Preciso divulgar as atividades do “PROJETO”, como uma das formas de conseguirmos patrocínios para os tantos desafios que temos aqui. Quero te pedir que divulgue nosso blog em seu espaço como uma forma de ajuda. Vamos mostrar no blog todo o processo de construção do nosso espaço aqui bem como as atividades que já estão em andamento. Agradeço por sua atenção e carinho. Que Deus te abençoe ricamente. Pr Anselmo Melo. pranselmomelo@gmail.com \ http://projetoresgatevida.blogspot.com/

Responder

Simplesmente concordo em gênero, número e grau com o que vc colocou nesse texto e louvo a Deus pq ainda é possivel encontrar pessoas comprometidas com esse projeto de vida que é Cristo!!! Ser como Jesus não é fácil, é viver um dia de cada vez, tentando sempre ser melhor hoje do que fui ontem, não é fácil, mas é possivel, o problema é que tantos nem mesmo se dão ao trabalho de tentar!!!

Ah, vc se importaria se eu postace esse texto no meu blog, dando os devidos creditos???

Responder

Caro Ruy Marinho,

Sou grato por sua visita ao blog [Idéias Protestantes] e comentário de incentivo. Obrigado também por sua gentileza de dispor aqui o nosso banner.

Um forte abraço.
Marcos Sampaio

http://www.marcossampaio.com.br

Responder

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

1 - Poste somente o necessário. Se quiser colocar estudos, artigos ou textos grandes, mande para nós por e-mail: bereianos@hotmail.com

2 - A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Comentários com conteúdo ofensivo não serão publicados, pois debatemos idéias, não pessoas. Discordar não é problema, visto que na maioria das vezes redunda em edificação e aprendizado. Contudo, discorde com educação e respeito.

3 - Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

4 - A aprovação de seu comentário seguirá os nossos critérios. O Blog Bereianos tem por objetivo à edificação e instrução. Comentários que não seguirem as regras acima e estiver fora do contexto do blog, não serão publicados.

Para mais informações, clique aqui!

Blog Bereianos!