Sincretismo, uma bagunça religiosa sendo empurrada guela abaixo.

.

Os 7.8 – Essa passagem mostra o Sincretismo em nossos dias, nova forma de engano, uma idolatria desenfreada, um verdadeiro "balaio de gato".

"Efraim se mistura com os povos e é um pão que não foi virado."

SINCRETISMO => Sistema em que consiste em conciliar os princípios de várias doutrinas.

SIMULACRO => É um sistema de filosofia instituída no passado para domínio da plebe, do povo menos intelectual e menos culto. Símbolos, cópia infiel..

- "Todos os caminhos levam a Deus".

Éssa é a proposta do sincretismo religioso, ou seja, da mistura de todas as religiões num culto único e que tolere as peculiaridades de cada credo, consideradas "irrelevantes".

É algo que nada mais é que o princípio da plataforma que será defendida e implantada pelo falso profeta durante a Grande Tribulação (Ap.13:11-15).

Denominado de "desmoralização religiosa", muitos estão vendo a religião como uma empresa de consumo, e isso gera uma ansiosa concorrência em que acabaram por se meter as religiões e seus profissionais... querem (depressa) resultados palpáveis, seja para os clientes, seja para si mesmas.

Para os clientes, os resultados buscados devem aparecer no mínimo sob a forma de experiências religiosas imediatamente satisfatórias - o êxtase, o transe, o júbilo, o choro, o alívio, enfim, a emoção - ou terapeuticamente eficazes e, no máximo, sob a forma de prosperidade econômica real... para se oferecerem mercadologicamente como soluções mágicas ou experiências místicas, as religiões se mostram cada vez menos ascéticas e moralizadoras... Observemos isso aqui no Brasil, as religiões que mais se expandem no Brasil oferecem um tipo de religiosidade 'experiencial', digamos assim, que é muito pouco exigente eticamente, mas muito eficiente misticamente. Como o oculto fascina!

Passaram a oferecer serviços infames, definidos como vias de salvação mágicas ou mágico-místicas.

Perigosamente, está se instalando uma concepção religiosa inspirada na magia, na experiência descompromissada com a santidade e com a obediência a Deus. Está-se mais defendendo a plena liberdade do homem na sua busca do sobrenatural, o que é incentivado sobremaneira pela mídia e pelos movimentos adeptos da Nova Era.

É contra isto que a Igreja deve se levantar e eu me levanto também, pois só ela tem a verdadeira mensagem que preenche esta necessidade que o homem está a sentir da presença de Deus. Entretanto, muitos têm se deixado seduzir pela proposta satânica do sincretismo (enquanto voce lê este texto, muitos programas evangélicos convidam para campanhas de sete semanas para purificação com um sabonete de mirra, sal grosso, óleo de Israel, água santa , galhos de arruda, caixão de defunto para sepultar pecados... Qual a diferença desta prática com as existentes em feitiçarias nas várias religiões afro-brasileiras ?).

Precisamos ser santos, porque nosso Deus é santo - 1Pe 1:15,16; Lv 11:44; 19:2; 20:7.2.

Boa parte dos fiéis está olhando a religião como se estivesse diante de uma prateleira de supermercado. Empurrando seu carrinho, a pessoa escolhe os itens que mais lhe agradam entre os oferecidos, é que esses carrinhos emperram as rodas e nunca vão onde eles querem.

Nos casos mais extremos desse fenômeno, as pessoas criam a própria religião, através da qual mantêm um contato sem intermediários com o divino. - A proposta do ecumenismo visa a unidade das igrejas cristãs, confundindo, entretanto, unidade com uniformidade.

A Igreja de Cristo é una e não poderia ser diferente, pois o Senhor fundou uma única Igreja e deseja que todos sejamos um nEle, Jo.17:21; Ef.4:3-6.

O sincretismo, entretanto, não se dá apenas com uma formal participação em iniciativas ecumenistas, mas, o que é mais grave, em condutas que são adotadas pelos servos de Deus por puro espírito de imitação (instinto de manada), gerando um comportamento tal que faz com que fiquemos muito parecidos com grupos sem qualquer compromisso bíblico e, o que é mais grave, fazendo com que certas posturas adotadas por estes grupos tragam confusão a muitos crentes que, por causa das condutas assimiladas, passam a não mais perceber diferenças.

O mais perigoso nos nossos dias é um "sincretismo prático" que, indevidamente, é negligenciado no nosso meio, Mt 6:7,8, 19-21, 31-34; Os 6:10, 7:14; Ml 1:7,8; Is 58:3-14.3.

Os 7.8 => Aqui se tem a mistura propriamente dita.

É a assimilação da cultura mundana, que faz com que se perca a identidade de servo de Deus.

O povo de Israel é equiparado ao bolo não virado porque "a fraqueza do seu caráter é como a fraqueza do pão assado de um lado só "

"Porque Israel entrou em alianças com estrangeiros e assimilou outras culturas, ele perdeu as distinções que o fazia digno", Os 7.8

- Podemos dizer que algumas das características do cristianismo ortodoxo se baseiam nos seguintes pontos:

a) Manter fidelidade incondicional à Bíblia, que é inerrante, infalível e verbalmente inspirada;

b) Acreditar que o que a Bíblia diz é verdade (verdade absoluta, ou seja, verdade sempre, em todo lugar e momento); CUIDADO COM O RELATIVISMO E O PLURALISMO.

c) Julgar todas as coisas pela Bíblia e ser julgado unicamente por ela;

d) Afirmar as verdades fundamentais da fé cristã histórica:
a doutrina da Trindade, a encarnação, o nascimento virginal, o sacrifício expiatório, a ressurreição física, a ascensão ao céu, a segunda vinda do Senhor Jesus Cristo, o novo nascimento mediante a regeneração do Espírito Santo, a ressurreição dos santos para a vida eterna, a ressurreição dos ímpios para o juízo final e a morte eterna e a comunhão dos santos, que são o Corpo de Cristo.

e) Ser fiel à fé e procurar anunciá-la a toda criatura;

f) Denunciar e se separar de toda negativa eclesiástica dessa fé, de todo compromisso com o erro e de todo tipo de apostasia;

g) Batalhar firmemente pela fé que foi concedida aos santos.

Como está sendo o cristianismo hoje?

- Um cristianismo misturado com paganismo, “paganização”, "PAGANIZADO".

- Contudo buscam apenas o sensacionalismo, Ez 33.30-32.

- As invencionices de “novas revelações”.

- O simulacro, muletas para os aleijados espirituais. Símbolos, imagens, shows e coisas que satisfazem apenas a visão. (seria coisa de índio?).

- Para muitos é tempo de buscar:
Galhos de arruda, rosas brancas, água e óleo de Israel, medalhas escritas, cruzes, caixão de defunto para enterrar as misérias, portais da felicidade, túnel do sucesso, fechamento do corpo....

Buscam métodos, filosofias, técnicas de bem viver aqui na terra, cultos divertidos como se fossem reuniões de bailes, onde o verdadeiro estímulo é o balanço do corpo e a estrela que brilha no palco.

Buscam tudo aqui na terra.

Mas nós não somos daqui, somos de lá, de cima, da glória, do céu...

Temos o exemplo de Zaqueu buscava que buscava ver Jesus, fez tudo para que isso acontecesse, e você, a quem busca?
Um belo e atraente cantor?
Um belo e atraente pastor?
Alguém que foi ídolo no mundo e agora quer ser ídolo no meio "gospel"?
Belas e muito bem ensaiadas dançarinas?
Um palco cheio de luz e muita gente saracoteando em cima dele?
Busca água benta, rosa ungida, óleo de Israel, fogueira santa, arruda.....?

Ou buscas o Autor da vida?

Jesus, só Jesus e nada mais.

Fonte: [ Bereiano ]
.
Imprimir ou salvar em PDF

1 comentários:

Como a igreja poderá se levantar contra essa onda de misticismo, se como você mesmo confirma, ela mesma está mergulhada nesse tipo de comportamento?

A verdade bíblica que temos esta desfigurada em prol de uma busca experimental! Apenas algumas poucas e pequenas igrejas ainda são fieis á Sã Doutrina!

É interessante observar que esse panorama não surgiu com essas igrejas, mas é um resultado de uma infiltração nos seminários das grandes denominações. Retroceda aos primeiros pastores; líderes dos lideres que fizeram “a cabeça” dessa liderança das grandes igrejas atuais.

Um outro exemplo do que estou tentando mostrar, pode ser visto em denominações tradicionais, como a Igreja Metodista do Brasil, que sempre foi cessacionalista e hoje, se veste de pentecostal para oferecer seus “produtos” colocando cartazes em frente dos seus prédios, tipo “culto de libertação” e etc.

Não estou falando da Metodista Wesleiana, e sim, da Metodista do Brasil. E, como já disse, esse comportamento pode ser visto em outras denominações tradicionais; que sempre rejeitaram a Doutrina do Batismo com Espírito Santo, mas atrás do sucesso dessas “igrejas emergentes” se vestem como tais!

Responder

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

1 - Poste somente o necessário. Se quiser colocar estudos, artigos ou textos grandes, mande para nós por e-mail: bereianos@hotmail.com

2 - A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Comentários com conteúdo ofensivo não serão publicados, pois debatemos idéias, não pessoas. Discordar não é problema, visto que na maioria das vezes redunda em edificação e aprendizado. Contudo, discorde com educação e respeito.

3 - Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

4 - A aprovação de seu comentário seguirá os nossos critérios. O Blog Bereianos tem por objetivo à edificação e instrução. Comentários que não seguirem as regras acima e estiver fora do contexto do blog, não serão publicados.

Para mais informações, clique aqui!

Blog Bereianos!