Dialogando com um adepto da Congregação Cristã no Brasil


No dialogo fictício que se segue, temos o irmão Lutero e o irmão Francisco. Lutero é membro de uma igreja protestante histórica, já Francisco é membro da Congregação Cristã do Brasil (CCB).

Esse diálogo, embora fictício, reflete uma realidade incontestável. Veremos porque muitos cristãos hoje têm dificuldades em ver a CCB como uma igreja genuinamente cristã. A proposta aqui é que, embora o credo oficial da CCB não contenha heresias, a atitude observada entre seus membros e lideres não tem correspondido com seus pontos de fé, pontos que estão implícitos os ideais do Protestantismo Histórico. (Não compartilho da idéia que a CCB seja uma seita. Porém, não posso deixar de pensar que seja uma igreja com atitudes exclusivistas. Em vários membros e lideres, nota-se que a salvação está vinculadas ao batismo lá realizado.)

Boa leitura !

( Lutero) – Olá irmão Francisco ! Tudo bem?

(Francisco)- Sim estou bem. E você Lutero?

(Lutero) – Irmão Francisco, você nunca me chama de irmão nem me cumprimenta com uma saudação cristã. Você tem alguma coisa contra mim?

(Francisco)- Não Lutero, eu gosto muito de você, mas é que você não é meu irmão na fé.

(Lutero)- Mas como não Francisco? Nós confessamos o mesmo Senhor, confiamos no mesmo Deus que salva graciosamente por meio de Cristo.

(Francisco)- Mas Lutero, tem muito mais envolvido em crer no mesmo Senhor. Às vezes Deus não se agrada de algumas coisas que sua igreja prega ou faz. Então não temos como comungar a mesma fé. A nossa doutrina não é a mesma.

(Lutero) – Tudo bem Francisco. Eu não acho que minha denominação é perfeita. Mas você acha que tudo na CCB é perfeito?

(Francisco)- Lutero, os homens erram, mas a Congregação é perfeita, é a graça!

(Lutero)- Olha Francisco, estou com dois sentimentos opostos. Admiração e indignação. Acho interessante pensar que a CCB é perfeita, mas dizer que ela é a graça de Deus!? A graça de nosso Deus não pode estar vinculada nem limitada a uma denominação religiosa, por melhor que seja. Somente uma pessoa pode concentrar em si algo tão grande: o Senhor Jesus.

(Francisco)- Você pode não entender, mas veja: Vocês oram em pé e a Bíblia diz que quem ora em pé é hipócrita! Veja em Mateus 6.5.

(Lutero)- Irmão Francisco... me desculpe mas esse versículo não diz isso, e sim que ‘os que gostam de serem vistos pelos homens’. Ou seja, Jesus está reprovando o exibicionismo, note o versículo 2, estaria Jesus reprovando as boas obras? Outra coisa, em Mateus 23.5,6,7 o Senhor deixa bem claro isso. Seriam os Anciãos de sua igreja hipócritas por ocuparem os primeiros lugares na igreja?

(Francisco)- Um dia você vai entender Lutero. Temos que orar de joelhos. A Bíblia diz que todo joelho se dobrará diante do Senhor Jesus’. É falta de respeito orar em pé. Jesus, Paulo e outros oravam de joelhos no chão!

(Lutero)- Concordo, acho realmente certo, mas não se pode condenar uma prática diferente. Até mesmo Jesus falou de oração feita em pé que foi ouvida (Lucas 18.9-14).

(Francisco)- Não, não! Só o fariseu orou em pé, o outro não diz que orou, veja o versículo 13 ... ele só clamava.

(Lutero)- Negativo Francisco, no versículo 10, Jesus disse que ‘os dois subiram para orar’, foi e é uma oração.

(Francisco)- Lutero, você precisa buscar a Deus, pedir para Ele te revelar. Tem tantas outras coisas que você não sabe. Mas só Deus para te revelar.

(Lutero)- Ok irmão Francisco, se quiser pode me falar o que quiser, se for um ensinamento bíblico estarei disposto em apreciar.

(Francisco)- Olha Lutero, vamos ver Romanos 16.16 ... aqui temos um mandamento, o ósculo santo como saudação cristã. A sua igreja saúda com o ósculo santo? Aqui diz que as igrejas de Cristo saúdam com o ósculo.

(Lutero) – Não.

(Francisco) - Se ela não faz isso, então ela não é igreja de Cristo!

(Lutero) – Então as igrejas que tem essa prática, como os ‘adventistas movimento da reforma’, e outros, são igrejas de Cristo por esse motivo?

(Francisco) – Não... Não sei deles, mas a Congregação cumpre esse mandamento e a sua não.

(Lutero) – Irmão Francisco, não acha que essa era uma prática cristã herdada dos judeus assim como o lava-pés? Um costume cristão?

(Francisco) – É Lutero, meu amigo, você não entende mesmo, isso é mandamento! Lava-pés sim era costume, ósculo é mandamento.

(Lutero) – Bem, como você pode me provar que ósculo era mandamento e o lava-pés era costume quando o próprio Cristo colocou os dois em pé de igualdade? Lucas 7.44-46.

(Francisco) – Aqui está dizendo um ‘exemplo’, exemplo não é mandamento.

(Lutero) – Por favor Francisco !? Você está usando dois pesos e duas medidas. Leia João 13.14 e veja se sua resposta condiz com isso.

(Francisco) – Aqui Lutero o Senhor Jesus está só dando um exemplo, ademais, os apóstolos não ensinaram isso.

(Lutero) – Afirmou dois enganos. Primeiro; Jesus disse: “Deveis fazer isso também.” Isso não é exemplo irmão Francisco. Segundo: O apostolo Paulo usou o ‘lava-pés’ como prática cristã identificadora (I Timóteo 5.10).

(Francisco) – Eu vou refletir um pouco nisso depois. Mas vocês praticam o lava-pés Lutero?

(Lutero) – Não irmão Francisco, a Bíblia foi escrita em uma cultura diferente da nossa. E alguns costumes aceitáveis e moralmente corretos foram relatados na Bíblia, bem como incorporados na prática cristã primitiva. Um aperto de mãos, um abraço, um convite e etc., estão mais próximos de nossa realidade. Mas enfatizo, NÂO É ERRADO saudar com um beijo ou praticar o lava pés ‘cerimonialmente’. Errado está em julgar outros por isso e se identificar como única igreja verdadeira por causa desses costumes.


Parte 2



Recapitulando: uma conversa fictícia entre Lutero de uma igreja protestante e Francisco da CCB.

(Francisco) – Mas tem outro problema muito sério que sua igreja faz, algo totalmente errado. Os pastores recebem salários para exercerem a função. Na Congregação não. Os Anciãos têm seus próprios trabalhos, pois quem não trabalha não come, diz a Escritura. E o apóstolo Paulo vendeu tenda para não ser pesado aos irmãos. A Bíblia diz que os pastores são ladrões...


(Lutero) – Calma, irmão Francisco. Eu concordo que existem muitos pastores que são verdadeiros mercenários e empresários da fé, mas não posso negar o principio bíblico do sustento pastoral por causa de exageros, além de não poder também generalizar por causa da ala podre.

(Francisco) – Não existe isso na Palavra Lutero. ‘Sustento pastoral’, isso é invenção.

(Lutero) – Irmão Francisco, veja isso então... Em I Coríntios 9 Paulo diz que não tinha deixado de trabalhar. Mas outros apóstolos e lideres da igreja tinham deixado o emprego secular! (Vers.12). Ele afirmou no versículo 11 que podia colher ‘recursos materiais’ da igreja. Além de dizer que recebeu salários de outras igrejas...

(Francisco) – Onde está isso?

(Lutero) - Em II Coríntios 11.8

(Francisco) - O que é despojar?

(Lutero) – É saquear.

(Francisco) – Olha Lutero, Deus me revelou essa graça, pois Ele é nosso Pastor, e na sua igreja existe pastor, e pastor é só o Senhor Jesus. Na Bíblia tem Ancião, Presbíteros e Bispo, mas não tem ministério de Pastor, então eles ocupam o lugar do Senhor Jesus. Não são ovelhas, João 10.1 confirma isso.

(Lutero) – Com respeito a nomenclatura, eu acho que não estamos sintonizados. Todo Presbítero/Bispo/Ancião é Pastor e vice-versa. Em alguns sistemas de governos eclesiásticos usa-se o sistema episcopal, entretanto, tratando-os como Pastores.

(Francisco) – Mas estão errados! Pastor é um só, o Senhor Jesus.

(Lutero) – Francisco ... o uso do termo não faz diferença nesse caso. Veja, Jesus Cristo é também chamado de Bispo em I Pedro 2.25, entretanto a Bíblia chama homens de Bispos.

(Francisco) – Mas não tem na Bíblia ministério ‘de pastor’, isso é uma afronta ao Senhor Jesus.

(Lutero) – Não está causando problema demais num assunto tão trivial? Veja, na CCB existe um ministério de ‘Cooperador’ (de adultos e de jovens). Existe isso na Bíblia?


(Francisco) - Sim existe. O apostolo Paulo chamou alguns de Cooperadores.

(Lutero) – ‘Cooperador’ por cooperarem com ele irmão Francisco. Não existia apresentação e/ou ordenação para tal ‘ministério’. Está notando o problema da nomenclatura? Na CCB a realidade dos fatos é: Ancião = a um Bispo Anglicano ou Metodista, muito embora com um raio de ‘domínio’ menor. Cooperador = Presbíteros, porém sem muita autonomia local.

Fonte: [ MCA - Ministério Cristão Apologético ]

.
Imprimir ou salvar em PDF

10 comentários

Essa conversa vai longe...

Certa vez peguei carona com um colega de trabalho, mas não sabia que o mesmo era da CCB (se soubesse pegaria ou daria carona da mesma forma), mas bastou falar no nome de Cristo e proto, fiquei algumas horas "debatendo" com o irmão, mas foi uma conversa gostosa.

Como disse Lutero neste fictício diálogo: "Ok irmão (...) pode me falar o que quiser, se for um ensinamento bíblico estarei disposto em apreciar."

Santos ósculos e amplexos.

Edinelson Lopes
SIGA O MESTRE

Responder

Prezados, talvez esse seja um dos diálogos mais complexos para a apologética brasileira. Os nossos colégas ccbistas parecem "refletir" em outro sistema operacional - ainda desconhecido neste planeta! Logo estarei postando um diálogo parecido no blog que estou iniciando- só que verídico mesmo!

Não deixem de acompanhar
souteologico.blogspot.com

Abraços e força irmãos!!!

Responder

Aqui no ceara os ccbianos sao isuportaveis claro que toda regra nao e palavra final
eles condenam tudo nas outras denominaçoes
outro dia um deles condenou a saudaçao assembleiana (considero mais um costume) e foi logo dizendo que no mundo havia muitos senhores , entao o irmao perguntou como eles se saudavam entao ele ifnromou que era a paz de Deus
nao aguentamos e partimos para ignorancia afirmando que no mundo tambem havia muitos deuses
dificil de dialogar com eles so eles estao corretos e nos somos ovelhas de outros arpiscos que mais cedo ou mais tarve se chegaram ao aprisco verdadeiro ou seja esta graça (ccb)

Responder

tem outro detalhe eles moram 50 anos ao lado de um nao evangelico basta o cara passar a ir numa igreja evangelica que os "evangelistas" deles caem em cima com acusaçoes de escandalos de pastores para tirar o cara de uma igreja e levar para a seita deles

Responder
Cristiano L. Rocha mod

Apesar de fazer parte da CCB desde que nasci, concordo que existem heresias disseminadas entre a irmandade. Entretanto, por experiência própria, digo que menos de 1% dos líderes tem essa atitude, e em geral os que têm são cooperadores, ou seja, não são realmente ordenados (apenas anciães o são). Ainda assim, uns 70% dos membros são heréticos de alguma forma, e isso se deve ao fato de simplesmente não conhecerem a Bíblia, apesar das recomendações do ministério. E essas pessoas tendem sim a serem insuportáveis (comentário de claudiopimenta) mesmo para outros membros, mas temos que suportar uns aos outros (Efésios 4:2) e orar para que Deus os guie e a nós também, na Verdade.
Graça e paz.

Responder

Irmao Cristiano como digitei toda regra nao e totalitaria
Aqui no ceara já tive oportunidade de dialogar com cooperadores, anciao e diaconos e o sentimento e comum de que mais cedo ou mais tarde todos os escolhidos (para a ccb) esta graça que pertencem a outro aprisco (denominaçao) vai se render a verdadeira ou maravilhosa graça (ccb)
Dá raiva quando dialogamos com esses primos poisw nao nos consideram irmaos
Eles criticam tudo na assembleia, a liturgia, as oraçoes, os cantores, as musicas (o correto para eles e so sua orquestra de preferencia formada, interessante e que condenam formaçao teologica mas nao condenam e chegam a exigir musicos formados ),

Responder

Por aqui ninguem pode ganhar uma alma que eles querem tomar para seu aquario

Responder

O diálogo fictício (porém com base real) já demonstra o caráter sectário da CCB justificando o rótulo de seita.

Responder

Acredito que a CCb amadureceu um pouco, especialmente desde quando o mundo da internet abriu as cortinas dessa religião.
Mas discordo do irmão Cristiano, que a 'minoria dos anciãos' sejam sectários:"digo que menos de 1% dos líderes tem essa atitude,"
Isso não é a realidade na maioria do lugar. Talvez o irmão tenha conhecido anciãos que não sejam sectários, mas dizer que menos de 1% não são, isso está distante e muito mesmo.
Luciano
mcapologetico.blogstpot.com

Responder

ApdD, concordo plenamente com todos os comentários, sou dá CCB desde criança, isso não me impediu de conhecer outras igrejas e nem tão pouco de cursar teologia, o que existe na CCB são pessoas leigas c relação às escrituras, que preferem acreditar muito mais no que é falado no púlpito do que conferir se realmente o que foi falado está de acordo com a palavra de Deus, no entanto isso não representa o posicionamento da igreja, muitas das vezes as pessoas confundem as coisas, a CCB possui uma liturgia o ordem de culto etc...Mas que fique claro, a graça de Deus é o senhor Jesus, o caminho do céu, é o senhor Jesus, a CCB é apenas uma comunidade evangélica fundamentada na palavra de Deus!!! Abraço Deus abençoe a todos

Responder

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

1 - Poste somente o necessário. Se quiser colocar estudos, artigos ou textos grandes, mande para nós por e-mail: bereianos@hotmail.com

2 - A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Comentários com conteúdo ofensivo não serão publicados, pois debatemos idéias, não pessoas. Discordar não é problema, visto que na maioria das vezes redunda em edificação e aprendizado. Contudo, discorde com educação e respeito.

3 - Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

4 - A aprovação de seu comentário seguirá os nossos critérios. O Blog Bereianos tem por objetivo à edificação e instrução. Comentários que não seguirem as regras acima e estiver fora do contexto do blog, não serão publicados.

Para mais informações, clique aqui!

Blog Bereianos!