3 Thalles Roberto é ungido Pastor com direito a profecia de Estevam Hernandes!

.


Algumas indagações ferveram em minha mente após ver este vídeo. Confesso que não tenho tanto conhecimento bíblico e preciso de ajuda. Me respondam por favor:

- Thalles sentiu vontade de ser pastor e foi ungido – É assim que funciona a coisa?

- Herança sacerdotal?- Alguém me explique o que é isso?

- O Espírito do Senhor se aparta de nós na Nova Aliança? – Como assim?

- Que saia fogo de minhas mãos – Haducken?

- Ungido pastor sob línguas estranhas é algo sinistro – Cadê os intérpretes?

- “Apóstolo” Estevam Hernandes ungindo Thalles? – Não há perigo de ele receber a “unção” da grana suja do Estevão!?

Gente, estas indagações irônicas não estão aí pra tentar diminuir ou deslegitimar o trabalho de Thalles. O preocupante, e que eu já consigo ver como realidade, são as decisões precipitadas e a triste hierarquização no reino – quando o cara é cantor, que se acha levita e se intitula pastor fico a procurar quais as reais motivações diante do ministério. Pensemos.

Infelizmente, em muitos casos, após se tornarem astros, ricos, famosos, muitos buscam ou a insubmissão de líderes e se auto promovem a pastor, ou tomados por uma má orientação decidem, sem preparo teológico algum, serem além de cantores, pregadores de púlpito sem qualquer chamado.

Se escavacarmos o dossiê de alguns dos astros do Gospel, notaremos que a grande maioria após a fama, inventaram um pastoreio. Mas fico pensando, será se eles realmente exercem um pastoreio de forma integral, com excelência, ou se apenas carregam esse título em detrimento de uma prioridade de agenda de show’s?

Eu ainda vejo uma certa validade em canções de Thalles como “Ele é contigo”, “Deus do Impossível”, por exemplo, mas como a Bíblia diz que “as más companhias corrompem os bons costumes” (1 Coríntios 15:33), eu não tenho dúvidas, o negão tá se cercando de gente peçonhenta. Então, com muito din din dos shows que não param de entrar e convivendo com gente como Estevam Hernandes, R.R. Soares, dentre outros, certamente este novo pastor não terá problemas com a teologia da prosperidade e outras teologias estranhas à Palavra, terminando de se confirmar como mais um o vexame gospel. Falo isso sem nenhum tipo de desejo ou pessimismo, mas tentando manter os pés nos chão e compreendendo que estes são, realmente, tempos difícies.

***
Autor: Antognoni Misael
Fonte: [ Arte de Chocar
Via: [ Púlpito Cristão ]
.

3 comentários:

Fogo para Missões disse...

Há algum tempo venho pensando sobre estas coisas, ou coisas como esta, enfim, onde termina o ministério e começa o comercio, o interesse pessoal e as velhas práticas de marketing e vendas, isso mesmo, vendas (II Pedro 2:03).

Esta questão dos títulos também é válida, afinal a Igreja do SENHOR não está brincando e é justamente o ignorar, o atropelas das Escrituras com a imposição precipitada de mãos (I Timóteo 5:22) o que tem gerado tanta vergonha e escândalos, como se também ignorassem ou não temessem Aquele que escreveu outro precioso conselho, a saber, sobre aqueles que escandalizassem um pequenino cristão que seja (Marcos 9:42).

Nestas horas, o que penso é em não ser contado com estes no grande e terrível Dai do SENHOR. Não posso, não quero e não vou julgar o Talles ou quem quer que seja, mas posso, devo e vou vigiar para não aplaudir e compartilhar de coisas que não se encaixam com as Escrituras.

Forte abraço, vigiemos pois I Pedro 5:08 ainda está valendo.

Edinelson F. Lopes
Ministério Fogo para Missões
@FogoparaMissoesBlogFpMFaceBook

Jupiacir disse...

Eu também não ouso questionar a legitimidade do ministério, nem da obra do PAPAI na vida do Thales, mesmo porque eu creio que ele tenha passado por um processo de conversão genuíno e vi muita coisa consistente e coerente com o Reino em suas primeiras canções.

Mas me preocupo muito com certas associações que vejo surgindo em sua caminhada, assim como já vi essa novela antes.

Muitos escândalos ministeriais que vemos hoje em dia, começaram como algo levantado por DEUS e se corromperam no meio do caminho. O homem tem todo tipo de inclinação para se corromper e cautela no que tange a escolha de por onde andamos e com quem nos associamos é sempre uma virtude.

Peço a DEUS que este não se torne mais um exemplo, porque já vi bons frutos da vida desse cara e o cenário que vejo se formando me entristece muito.

Um grande abraço,

Jupiacir B. Bagno

Anônimo disse...

Meu amado irmão, não discordo de vc no que diz respeito ao cerne de sua mensagem, contudo, devo lembrar-lhe que por mais que o irmão não esteja sendo preconceituoso, existem algumas expressões a serem evitadas. Como por exemplo o adjetivo dado ao...
Tome cuidado com adjetivos.

Related Posts with Thumbnails