Anderson Silva e Vítor Belfort: cristianismo autêntico

.

Semana passada, o UFC 126 tomou proporções incríveis, principalmente nas redes sociais, porque se tratava de um duelo entre dois brasileiros que um dia treinaram juntos: Anderson Silva (o "Aranha") e Vítor Belfort (The Phenom), sendo este o desafiante da noite ao cinturão dos pesos médios. Na madrugada de sábado para domingo, milhões de pessoas em todo o mundo acompanharam aquela que foi chamada de "a luta do século". E tomar partido entre um e outro estava difícil até a entrevista coletiva e a pesagem, quando o Anderson mostrou uma petulância que lhe fez merecedor de todas as vaias recebidas na entrada do octógono.

Pronto, agora ficara fácil torcer. Vitor Belfort, após a sua conversão, tem sustentado um bom testemunho e, após o trauma familiar vivido anos atrás, seria perfeitamente justo ele ser coroado com a tão pregada "dupla honra" ou "a glória da segunda casa" ou "ser posto como cabeça". Enfim, torcida e oração se misturaram com naturalidade; ele estava se preparando à exaustão. Por certo, Deus o honraria! Até porque a conquista do cinturão seria para a glória de Deus e uma oportunidade única de falar do seu amor para todo o planeta! Enfim, tudo caminhava para um final feliz, até que... um chute frontal de Anderson Silva fez Belfort quase perder os sentidos e consequentemente a luta.

Talvez você se pergunte o que isto tem a ver com nossas vidas e com a fé que dizemos professar. Tem que uma certa pregação perigosa faz um novo convertido compreender que "estar na igreja é se dar bem". Mesmo quem isso não prega, acaba confirmando essa idéia quando chega a nível de incentivo e diz: ó, Deus tá nesse negócio, hein varão! Ó, grande será a tua vitória! Ó, vejo Deus abrindo uma porta! Ora, ora, se Deus não mandou dizer, não diga nada ou seja sincero, pois, torcer por alguém não é pecado nem coisa de nova era. Bem melhor que criar a falsa expectativa de que uma intervenção divina poderá mudar as coisas ou que se ELE tiver que intervir será a seu favor, é claro, pois você é crente...

Não sei qual é a opção religiosa do Anderson Silva, mas, não pode ser por um acaso que alguém ganha 12 lutas consecutivas sendo 8 delas defesa de cinturão. O cara assiste metodicamente todas as lutas de seus desafiantes e possíveis adversários diariamente. Isso nos deixa claro que Deus não fará por você o que você tem que fazer só pelo fato de você ser crente. Nem pense em melhorar suas finanças contando com uma "mudança de sorte" sem fazer por onde. Todos já somos abençoados em Cristo Jesus, logo, façamos a nossa parte sem ficar numa espécie de espiritualidade mística.

Acredito que o futuro reserva grandes vitórias a Belfort e isso não pelo fato de ser um homem de Deus, mas, porque é persistente e sabe o que é superação (nem me venha com aquele papinho de que ele não venceu porque Deus sabia que ele não estava preparado para a benção e tal... como se o esforço do Anderson de nada servisse, vejam só!). A questão é que mesmo espiritualmente sendo mais do que vencedor ele terá que conviver para sempre com esta derrota. E não foi qualquer derrota. Foi uma derrota acachapante. Daquelas que serão lembradas para sempre.

Assim é o cristianismo autêntico.

Permaneçamos firmes!

Imprimir ou salvar em PDF

8 comentários

Taí! uma coisa eu não entendi: você acha "cristão" um homem que prefessa um Deus que diz para oferecermos o nosso rosto ao que nos bate e que apanhou - SEM REVIDAR - pra caramba, entre muitos outros irmãos que sofreram e ainda sofrem, enquanto outro "trabalha" espancando os outros, ao ponto de chegar poder até matar?!!! O QUE É ISSO?!!!
Tá legal: daqui a pouco vão querer também prostitutuas cristãos, atrizes pornôs cristãs et cetera!

Mpa rapaz, é cada uma que se ouve nesse meio!!...

Salam e me sinto muito indignado com tudo isso!!

Responder

O Vitor é lá da minha igreja (IBCentral da Barra RJ), ele é uma benção e da sempre bons testemunhos

Responder

Amado,


Hoje não estou passando pra opinar as dilétas mensagens, mas para convida-lo a conhecer meu espaço, um blog criado recentemente com o objetivo de mostrar os dois lados da moeda na igreja evangelica sem vergonha na cara. Mostrando o lado humano e desumano, desse universo moquidao, impetro na mente dos leitores uma reflexão renovada, injetando revolta e desejo de mudança nos mesmos. Aguardo a visita.


Estou a seguir esse blog.

Obrigado,
Abraço.

Responder
Anônimo mod

Parabéns pela reflexão,eu penso da mesma maneira.Por isso que nesses dias atuais,temos que estar em alerta,pois é esse tipo de ¨evangelho da prosperidade¨,que muitos irmãos na fé estão sendo enganados e na postagem abordada acima nos deixa muito bem esclarecido.Se a nossa vida Cristã fosse só vitórias,o Senhor Jesus não precisaria sofrer o que sofreu...¨Morte de CRUZ¨ e não teríamos perseguições e nem mártires pagando com sua própria vida,para que o Evangelho Genuíno chega-se até nós.
Abraços e a Paz de Cristo!

Ricardo

Responder

Graça e Paz!

De fato, após essa retumbante derrota, aplicada por outro profissional que está no ápice de sua carreira, o Vitor Belfort vai entender que a vida cristã não é um mar de rosas.

Laus Deo

Responder

A paz do Senhor!

Na minha opinião, isso (luta) não condiz com o evangelho de Cristo! Que Deus tenha misericórdia da "igreja" brasileira, pois as coisas já passaram dos limites.
E ainda tem liberais extremistas que encaram isso como algo comum, nem dá para acreditar!

Maranata!


Em Cristo!

Responder
Anônimo mod

Anderson Silva é messiânico e como tal não acredita em Jesus. Tai o motivo de sucesso e bença espiritual dele. Não é só cristão que é abençoado.

http://www.youtube.com/watch?v=3WkNCmHpmGw

Responder

Realmente o Anderson Silva é messiânico. Contudo, o fato dele professar esta fé não quer dizer que o mesmo não acredite em Jesus. Os messiânicos acreditam em Jesus!

Responder

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

1 - Poste somente o necessário. Se quiser colocar estudos, artigos ou textos grandes, mande para nós por e-mail: bereianos@hotmail.com

2 - A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Comentários com conteúdo ofensivo não serão publicados, pois debatemos idéias, não pessoas. Discordar não é problema, visto que na maioria das vezes redunda em edificação e aprendizado. Contudo, discorde com educação e respeito.

3 - Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

4 - A aprovação de seu comentário seguirá os nossos critérios. O Blog Bereianos tem por objetivo à edificação e instrução. Comentários que não seguirem as regras acima e estiver fora do contexto do blog, não serão publicados.

Para mais informações, clique aqui!

Blog Bereianos!