Teologia da determinação e reivindicação: Cristianismo ou feitiçaria?

.

“Então o tentador, aproximando-se, disse: Se é filho de Deus MANDA que essa pedra se transforme em pães”.
MT 4:3

Infelizmente hoje nas igrejas temos visto muitos serem levados por ventos de doutrina, como por exemplo, a teologia da determinação e reivindicação, em que o povo é ensinado por seus pastores a determinarem as suas bênçãos e a reivindicarem de Deus as suas vitórias e “direitos”, porém a verdade é que esse ensinamento equivocado possui o mesmo princípio satânico que vemos no versículo bíblico acima, onde satanás tenta induzir a Jesus a “determinar” ou “reivindicar” que a pedra se torne em pão: “Manda que essa pedra se torne em pão...”.

Podemos perceber que satanás lança sua proposta: mande, ordene, reivindique de Deus que transforme essas pedras em pão, Ele tem que satisfazer a sua vontade, se você é filho mesmo você pode.

Jesus rejeitou essa proposta. O princípio satânico é o mesmo dessa teologia que parece querer colocar o homem na posição de comando, onde o povo é incentivado a dar ordens a Deus, tentando colocar o homem no comando, a criatura ordenando ao Criador.



Doutrinas de demônios


“Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios.”
I Tm 4:1


Ensinam, dentro dessa falsa doutrina, a “confissão positiva” onde dizem que a palavra do homem, ao ser pronunciada, tem “poder” e por isso deve-se ordenar e reivindicar algo através do poder de sua palavra e assim, ativada pela “fé”, um poder será liberado e aquilo vai acontecer e seus desejos serão realizados, como na feitiçaria que ensina justamente que uma palavra de comando previamente determinada deve ser ativada e assim aquilo que você deseja é liberado.

Podemos, então, discernir que essa doutrina da determinação possui o mesmo princípio ocultista utilizado por religiões satânicas, trazendo assim doutrinas de demônios, sorrateiramente, para dentro das igrejas.



Somos servos ou senhores?

“Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis; Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal.”
Gn 3:4-5


Ora, se o poder será “ativado” pela palavra “poderosa” (confissão positiva) do homem, o poder e o comando são do homem e não mais do Senhor, logo este estará independente de Deus, justamente como a serpente sugeriu a Eva no Éden conforme o versículo acima, a sedutora oferta de ser igual a Deus, a estar no comando, a ser independente do Senhor, conforme um dia Lúcifer desejou,ele quis tomar o lugar de Deus e ainda hoje quer implantar no homem a mesma semente de rebelião.

Na verdade, os tais pastores que pregam esse engano, não passam de instrumentos de suas próprias cobiças. O povo, por sua vez, também atraídos pela sua própria cobiça e querendo um Jesus “instantâneo” para satisfazer seus desejos e caprichos acabam sendo presas fáceis para esse tipo de “negócio”, ou seja, é a clientela e os mercenários da fé, uns mercadejam a Palavra de Deus e vendem Jesus por “trinta moedas de prata”, propagando um evangelho falso, porém muito lucrativo, que enche suas igrejas, enquanto, por outro lado, o povo aceita prontamente tais ofertas, pois querem garantir suas bênçãos, afinal o homem tem essa tendência de querer satisfazer seus anseios e assim são iludidos e persuadidos, tornando-se massa de manobra nas mãos de lobos devoradores.


Deus é soberano

Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte.
(I PE 5:6)


Deus é soberano e não divide sua glória com ninguém. Todo poder foi dado ao Senhor no céu e na terra, e nós homens, recebemos as bênçãos de Deus pela sua graça, que significa favor IMERECIDO, e não um direito a ser reivindicado.

A bíblia nos ensina a nos humilharmos e nos sujeitarmos a Deus, a clamarmos, suplicarmos, pedirmos e não ordenarmos nada. Quem mandou Jesus ordenar que as pedras se tornassem em pão foi o diabo. Jesus recusou a oferta de satanás. Ele disse que nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que vem da boca de Deus. Que nós também venhamos a recusar e viver segundo a Palavra de Deus. Somos servos e Ele é o Senhor!

Autora: Viviane Pinheiro

Viviane Pinheiro Cotta, 29 anos, membro da Igreja Congregacional de Macaé-RJ, Seminarista e Professora de escola dominical da classe jovem, dona da comunidade do orkut "Resgatando a Verdade", com um projeto de construir um site com seus artigos e um livro que se chamará "Resgatando a Verdade em tempos de apostasia".
Clique aqui para enviar um email à autora.

Imprimir ou salvar em PDF

1 comentários:

Márcia Rigolon mod

Os louvores está lindos,maravilhoso parabéns isto é realmente louvor que se fáz entrar em comunhão com DEUS,e não esta narquia q se tem nas igrejas hoje em dia,é como agente estivesse em uma boate...DEUS tem miséricordia deste povo e muda a mentalidade de pessoas q se dizem levitas,mostra DEUS q é ser um verdeiro levita... louvores das igrejas esta dificil de se ouvir hoje em dia,e a palavra é tão pouquinho q nem dá para meditar naquilo q o SENHOR quer falar aos nossos corações...o povo está com fome da palavra de DEUS...parabéns amado irmão em Cristo Ruy q Deus continua te abêncoando para abrir os olhos de todos nós pq alguém tem de gritar para ver se este povo acorda para a vida JESUS está voltando...abraços fica na doce páz do SENHOR JESUS...eu Márcia Rigolon.

Responder

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:

1 - Poste somente o necessário. Se quiser colocar estudos, artigos ou textos grandes, mande para nós por e-mail: bereianos@hotmail.com

2 - A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Comentários com conteúdo ofensivo não serão publicados, pois debatemos idéias, não pessoas. Discordar não é problema, visto que na maioria das vezes redunda em edificação e aprendizado. Contudo, discorde com educação e respeito.

3 - Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

4 - A aprovação de seu comentário seguirá os nossos critérios. O Blog Bereianos tem por objetivo à edificação e instrução. Comentários que não seguirem as regras acima e estiver fora do contexto do blog, não serão publicados.

Para mais informações, clique aqui!

Blog Bereianos!